EMPATE NOS MINUTOS FINAIS - CRÔNICA DA PARTIDA

Foto: Daniel Duarte Pillar - Inter SM/Interior Forte

 

Inter SM e São Gabriel tinham um encontro marcado na noite de quinta-feira, dia 07 de abril, às 20h30, no Estádio Silvio de Faria Corrêa. Ambas as equipes chegavam de maneira distintas para o duelo. O São Gabriel vinha (e assim seguiu) em terceiro lugar do Grupo A da Divisão de Acesso, porém, os resultados dos últimos jogos não vinham sendo satisfatórios para a equipe tricolor. Na segunda-feira o São Gabriel vencia uma partida por 3a0 frente ao Pelotas, gols feitos no primeiro tempo, mas na segunda etapa deixou o time pelotense empatar a partida. O Inter SM vinha de dois resultados positivos, uma vitória diante de seu maior rival e um empate em Santa Cruz do Sul contra o Avenida. O futebol apresentado pelo Inter SM vem crescendo a cada dia que passa e hoje encerrou um ciclo de sete partidas fora de casa.

 

O JOGO

O jogo começou truncado, digno de uma Divisão de Acesso do estado do Rio Grande do Sul. As duas equipes de início esqueceram o meio-campo e partiram para o ataque. Logo no primeiro minuto de jogo, Gonzalez, conhecido como El Tanque, tentou a primeira finalização para o alvirrubro. Assim como todo bom jogo de um Campeonato Gaúcho, a bola ficou mais parada do que em andamento, devido a inúmeras faltas de ambas as equipes. Os primeiros minutos de jogo foram marcados por incrivéis 19 minutos de bola parada e apenas 11 de bola rolando. Nesse meio tempo o São Gabriel já tinha realizado duas mudanças, todas sofridas por lesão em que o jogador se machucou sozinho. O primeiro a se machucar foi Flavinho, que em uma arrancada acabou escorregando no gramado molhado e sofrendo uma lesão grave, que passará por avaliação na segunda-feira. Para o seu lugar, o treinador Gelson Conte colocou Felipe Tchelé, que acrescentou e deu movimentação para o time. Onze minutos depois foi a vez de Carlão pedir para sair. O zagueiro do time tricolor sentiu a perna e para o seu lugar entrou Ito, ex-jogador da dupla Rio-Nal. Com as devidas mudanças por lesão, o jogo retomou em proporções maiores. O São Gabriel começou a atacar mais o Inter SM em jogadas de Michel e Felipe Tchelé. Flávio Torres tentava jogar contra os zagueiros do alvirrubro, mas era sempre barrado pela boa marcação da equipe de Santa Maria. No Inter SM quem foi se destacando no primeiro tempo foi Jorginho, que a todo momento buscava ligar o Inter SM e avançava nos contra-ataques. Outro que vinha fazendo um primeiro tempo fundamental era o goleiro Romário, que por mais que não tenha sido tão exigido, estava lá quando o Inter mais precisou, salvando mais uma vez a equipe. Prova disso que ao finalzinho do primeiro tempo, em cruzamento de William Bones, Flávio Torres cabeceou e Romário fez uma tranquila defesa no centro do gol. No segundo tempo as coisas pareciam que iriam mudar. E mudaram. As posturas das duas equipes foram diferentes, enquanto o São Gabriel jogava mal, o Inter SM crescia ainda mais na partida. E não demorou muito para o Inter SM mostrar que estava querendo jogo. Aos 60' da segunda etapa, Jorginho deu mais uma arrancada, driblou, invadiu a área e rolou para Júnior que mandou para o fundo das redes. Era o primeiro gol de Junior no campeonato e o primeiro gol do Inter na partida. O São Gabriel sentiu o gol nos primeiros minutos, mas não se abateu. O Inter SM vinha com uma forte marcação e não deixava o São Gabriel chegar com perigo, apenas bolas jogadas para a área ou chutes que não faziam menor efeito no gol alvirrubro. Mas, jogando em casa, com a tradição que tem em ser mandante, o São Gabriel começou a gostar mais do jogo, enquanto o Inter SM seguia fazendo contra-ataque com Jorginho. O jogo caiu de rendimento ao logo do segundo tempo, mas tudo devido a boa neutralização que o Inter vinha fazendo. Mas, o São Gabriel não desistiu do jogo e seguiu pressionando o time de Santa Maria, até que aos 89' da etapa final, em um lance que começou com Michel, Flávio Torres mandou a bomba e não deu chances para Romário, dando números finais a partida. Confira a galeria de imagem do empate entre São Gabriel 1a1 Inter SM.

 

DESTAQUE: Jogando mais uma vez fora de casa, Feliciano Corrêa foi mais uma vez com três atacantes no campo adversário, dando mais dinamismo para a equipe. E deu certo, pois o atacante Jorginho se destacou e puxou a maioria das jogadas do alvirrubro.

 

PRÓXIMO JOGO: O dia ainda não está definido, porém, o Inter SM receberá em Santa Maria o Avenida, de Santa Cruz do Sul. O local não foi decidido ainda, mas a tendência do jogo é que seja realizado no domingo, dia 10 de abril, no Estádio dos Eucaliptos, com portões fechados. A direção alvirrubra tenta a liberação do Estádio Presidente Vargas para receber a partida.

 

FICHA TÉCNICA:

São Gabriel: Anderson - Luiz Felipe - Valdemar - Carlão (Ito) - William Bones - Couto (Mancha) - Fabinho - Michel - Leonardo Paim - Flavinho (Felipe Tchelé) - Flávio Torres. Técnico: Gelson Conte;

 

Inter SM: Romário - Taffarel - Zanini - Dionatan - Facundo - Charles (Benhur) - Santiago - Rafinha (Gean Carlo) - Junior (Júlio) - Jorginho - Tanque - Técnico: Feliciano Corrêa.

Imagem: Gustavo Bitencourt

Please reload

Esporte Clube Internacional

R. Ana Nery, 390 - CEP: 97020-030 - Santa Maria/RS

(55) 3026.7180 - intersmoficial@gmail.com